Falar de Viagens

Seguro de Viagens IATI – O seguro que recomendo

Se costumas viajar, ou ler blogs de viagens, de certeza que já ouviste falar dos famosos seguros de viagens que tantas vezes salvam os viajantes dos mais diversos casos.

Mas… Será que vale a pena comprar um seguro de viagem? Quanto custa? Qual o melhor? Qual a cobertura?

Prepara-te, o texto é comprido!

O Falar de Viagens juntamente com a IATI oferecem-te 5% de desconto na compra do teu seguro de viagens através do nosso link de afiliados!

CLICA AQUI!

Até há bem pouco tempo nunca tinha contratado um seguro de viagens para nenhuma das viagens que fazia. Há vários anos que, infelizmente, não saio da Europa e por aqui costumava confiar no Cartão Europeu de Seguro de Doença e “que seja o que Deus quiser”.

Até que o cartão caducou…

banner da iati com dois monges budistas crianças a correr

Sou colaboradora da IATI Seguros desde Janeiro de 2018 e pensei… Porque não experimentar um dos seguros de viagens IATI dos quais tanto ouço falar e sobre os quais escrevo? Assim conheço melhor o produto, viajo em segurança e como bónus ainda posso falar dele com conhecimento de causa no blog!

E assim foi! Decidi pôr a minha vida nas mãos da IATI pelo primeira vez! Se recomendo? A 100%! Além de excelentes pessoas, são profissionais maravilhosos e os seguros são baratos, incríveis e há um seguro para qualquer ocasião! AH..! E têm atendimento em português, coisa que não é muito normal encontrar.

E tu, não vais querer experimentar? Sabias que contratando um seguro através de algum dos meus links tens 5% de desconto? Corre já para a página da IATI, ou se ainda não sabes porque deverias contratar um seguro de viagens online, continua a ler! 😉

letreiro em ingles com duas setas que apontam para saude ou doença

O que é um seguro de viagens?

Segundo a Porto Editora, ‘seguro’ significa: “contrato pelo qual o segurado se obriga ao pagamento de certa quantia e o segurador se compromete a indemnizar o primeiro ou um terceiro, no caso de se verificar qualquer dos riscos assumidos”.

Assim sendo, um seguro de viagens é um contrato feito com uma empresa, que te garante segurança durante as tuas viagens, tanto a nível físico como de objetos pessoais, e que se compromete a pagar ou indemnizar-te no caso de que tenhas algum problema que esteja coberto pela apólice contratada: estadias no hospital, roubo ou perda da bagagem, atraso nos voos, etc. As garantias dos seguros de viagem são adaptadas conforme a duração, o destino ou o tipo de viagem que vias fazer.

Que tipos de Seguros de Viagem existem?

Ainda me lembro quando comecei a viajar com os meus pais, o seguro de viagem internacional era aquela coisa que aparecia nas letras pequenas dos pacotes de viagem… Sabias que existia, que estava ali mas não tinhas ideia de como o utilizar no caso de necessidade.

Hoje em dia existem várias empresas que se dedicam à venda deste tipo de seguros e há opções para todos.

1 – Seguros de viagem de cartões de crédito

Os cartões de crédito deixaram de ser apenas o ‘balão de oxigénio’ e a forma de pagar compras a prestações e hoje em dia têm vários serviços extra que muita gente nem sabe que existem. Um deles é o seguro de viagem.

Visa Platinum, Diners, American Express, Master Card Platinum, etc, todos eles te oferecem um seguro ao pagares a tua viagem com o cartão. Decides o destino, compras a viagem com o cartão e a partir desse momento estás automaticamente coberto pelo seguro de viagens do cartão de crédito. No entanto convém conhecer muito bem a cobertura deste seguro, pois costuma ser bastante pequena e deixar muitas coisas de fora que são realmente importantes.

2 – Seguros de viagem dos Pacotes de Viagem

Talvez os mais conhecidos por quem já tenha feito alguma excursão ou viagem programada por uma agência de viagens. Costumam vir sempre incluídos no preço das viagens e, apesar de terem coberturas algo melhores que as dos cartões de crédito, a grande maioria deles apenas cobre itens básicos e com valores baixos. Dependendo da viagem podem, ou não, ser suficientes.

mulher jovem de costas a olhar para painel de saidas do aeroporto

3 – Seguros de viagem de Companhias de Seguros tradicionais

Quando começaram a ver que o mundo das viagens crescia e que as pessoas começavam a organizar viagens por sua conta em vez de comprarem tudo feito nas agências, as companhias de seguros tradicionais decidiram entrar no jogo e também criaram seguros de viagem!

A cobertura é muito similar à dos seguros oferecidos nos pacotes de viagens, portanto também é mais reduzida do que seria aconselhável.

4 – Seguros de viagem de Companhias de Seguros especializadas em viagens

Aqui é onde entra a IATI!

Para quem não os conhece, a IATI é uma empresa espanhola sediada em Barcelona que se dedica à venda de seguros de viagem online e está no ativo desde 1985! São a empresa que mais seguros de viagem vende em Espanha e em 2018 decidiram abrir também em Portugal.

Têm um blog cheio de boas dicas de viagem (no qual eu colaboro como Content Manager ahah), atendimento em português 24h e excelentes profissionais.

Os seguros de viagens de companhias dedicadas a este ramo são sempre os melhores! Existem várias apólices diferentes com mais ou menos cobertura e vários faixas de preços dependendo daquilo que precisas e do destino da viagem.

Estas são sem dúvida as melhores opções. Existem outras companhias de seguros deste tipo no mercado, como a Mondial ou a World Nomads. Pelo que li também são boas opções, mas não conheço em profundidade.

Não percas a oportunidade de conseguir o teu seguro de viagens com desconto! Sai mais barato que comprando diretamente na página da IATI 😉

CLICA AQUI!

sapatilha castanha pisa uma casca de banana no chao

Para que serve um seguro de viagens e porque deveria fazer um?

Normalmente quando viajamos só pensamos no bonito que será, nas coisas maravilhosas que vamos ver e no muito que vamos descansar… Mas… e se alguma coisa corre mal?

Há muitos anos atrás viajei com os meus pais para Paris e as nossas malas desapareceram! Tinham metido as malas num voo em direção a Madrid e só as conseguimos recuperar quase no final das férias… Não tínhamos seguro nem nada parecido e só tivemos direito a aceitar as desculpas da companhia aérea, um necessaire com algumas coisas para nos assearmos e esperar que as malas chegassem antes de que voltássemos para Portugal.

Se tivéssemos seguro de viagem talvez as coisas tivessem sido diferentes, não achas?

O seguro não serve apenas para casos de doença!! Há muitos aspetos das viagens que estão cobertos e é isso que faz com que possas viajar tranquilamente para qualquer lado:

– Repatriação: transporte de regresso a casa no caso de ser necessário e não poderes ser tratado no centro médico. Ou no caso de falecimento.

– Transporte de um familiar: Se tiveres de ser hospitalizado, algumas apólices de seguros garantem o transporte de um familiar até ao local onde te encontras

– Perda, roubo, danos ou atraso na bagagem: Se tivéssemos contratado um seguro de viagens, de certeza que não teríamos de “dividir” 1 t-shirt e 2 escovas de dentes por três pessoas… Há seguros, como é o caso da IATI Seguros, nos quais o roubo de material fotográfico e informático também está coberto, o que não é muito normal…

– Responsabilidade civil: imagina que decidiste fazer a Route 66 pelos Estados Unidos, ou uma viagem de carro pela Rússia e tens um acidente de trânsito com um carro alugado (muito comum nestes dois países). Tendo um seguro de viagens, as possíveis indemnizações que te possam pedir estarão cobertas.

mapa da europa com fio que liga varias cidades

O seguro de viagem internacional é obrigatório?

Na grande maioria dos casos não é obrigatório, é apenas (MUITO) recomendável.

Existem países onde para entrar sim é necessário ter um seguro de viagens com cobertura ampla.

Países nos quais o seguro de viagens é obrigatório

  • Cuba
  • Equador
  • Argélia
  • Bielorrússia
  • Irão
  • Rússia

Países onde é recomendável ter seguro de viagens

Para viajares para outros países como os Estados Unidos da América ou a Austrália não precisas de ter seguro de viagem, no entanto é bastante recomendado já que as hospitalizações e tratamentos médicos por lá são caríssimos! Sabias que nos Estados Unidos uma simples operação a uma apendicite aguda por custar cerca de 10000€? Como dizem os antigos, “o seguro morreu de velho”!

É obrigatório seguro de viagens na Europa e na zona Schengen?

Não, da mesma forma que se fores português podes viajar pela zona Schengen, e pela grande maioria dos países da Europa, somente com o Cartão de Cidadão, aqui também não é obrigatório o seguro de viagens. Uma vez mais achamos que é recomendável, por um lado porque o Cartão Europeu de Saúde não cobre praticamente nada e por outro porque te pode acontecer algum acidente num país caro como a Suíça ou a Noruega.

E mesmo que o problema não seja de saúde, outros percalços podem acontecer… Já imaginaste viajar para o outro lado da Europa e a tua mala desaparecer? Se não tiveres seguro vais ficar sem a mala, sem o dinheiro e sem as meias lavadas! (lembraste da história que te contei lá em cima sobre Paris… Essas coisas acontecem mais vezes do que gostaríamos!)

No caso de seres brasileiro ou de não teres documentos de identificação de algum dos Estados Membros europeus, é necessário fazer um seguro para conseguir o visto de entrada na Europa. Ultimamente a IATI aumentou as coberturas do seu seguro IATI Básico e este é o melhor seguro de viagens para a Europa que vais encontrar.

Queres 5% de desconto no teu próximo seguro de viagem internacional IATI?

CLICA AQUI!

banner iati com barco tradicional asiatico a navegar num rio

Diferenças entre Seguro de Viagem, Cartão Europeu de Seguro de Doença e Consulta do Viajante

No início deste artigo contei que antigamente confiava apenas no Cartão Europeu de Seguro de Doença para viajar e que depois de descobrir que o tinha caducado decidi fazer o seguro de viagens IATI e experimentar. No entanto isto não significa que a “opção” do Cartão Europeu pode substituir o seguro! Antes pelo contrário, o bom seria ter as duas coisas connosco visto que são complementares.

A Consulta do Viajante completa o seguro de viagens e o CESD e deve ser feita dependendo dos países para onde fores viajar.

Para ser mais fácil de entender, aqui ficam as diferenças:

– Cartão Europeu de Seguro de Doença

É um cartão nominativo e individual com validade de 3 anos. Pode ser pedido por internet ou fisicamente nas dependências da Segurança Social ou na Loja do Cidadão ou no subsistema de saúde no qual estiveres inscrito (ADSE, etc..).

Permite que o portador do cartão obtenha cuidados e assistência médica necessários durante a sua estadia em qualquer um dos 28 Estados-Membros da União Europeia mais Islândia, Liechtenstein, Noruega e Suíça, evitando assim ter de regressar ao seu país de origem antes do previsto.

Os cuidados prestados serão os mesmos que qualquer outra pessoa receberia nesse país através do sistema nacional de saúde, o que significa que é possível que tenhas de pagar taxas. Poderá ser utilizado em unidades de saúde privadas no caso de estas estarem também abrangidas pelo SNS do país em questão.

Algo importante e a ter em conta, como está escrito no próprio site da Segurança Social é que “O CESD não constitui uma alternativa a um seguro de viagem, nem abrange as situações em que a pessoa segurada se desloca a outro Estado com o objetivo de receber tratamento médico. Não cobre cuidados de saúde prestados no sistema de saúde privado nem outras despesas, como o custo  do repatriamento ou indemnizações por bens perdidos ou roubados.”

– Consulta do Viajante

A Consulta do Viajante é uma consulta personalizada que deve ser feita entre 1 e 2 meses antes da viagem. Nesta consulta serás informado sobre as medidas de prevenção que deves tomar antes, durante e depois da viagem, como pode ser a vacinação ou toma de medicação contra certas doenças, informação sobre os cuidados a ter com a água e alimentos crus, informações sobre assistência médica, ou que medicamentos levar para determinados países.

São consultas extremamente importantes principalmente para grávidas, crianças, idosos e viajantes com doenças crónicas.

– Seguro de viagens

Os seguros de viagem já sabemos o que são! Temos de ter sempre em mente que o seguro é de extrema importância e é complementado pela consulta do viajante e o CESD.

O nosso conselho é que não ignorem este tema e apostem num bom seguro para que tudo corra bem na viagem, mesmo se alguma coisa correr mal.

grupo de amigos tiram foto de costas para a camara

As grávidas estão cobertas pelos seguros de viagens? E as pessoas acima de 70 anos?

Nos seguros de viagem da IATI as grávidas estão asseguradas durante as primeiras 24 semanas de gestação, para uma assistência sanitária de urgência durante as primeiras 24h da viagem. As pessoas acima de 70 anos estão cobertas por todas as apólices, excepto a IATI Mochileiros, que apenas cobre até aos 70 anos.

O cancelamento dos voos está SEMPRE coberto pelo seguro? E os cruzeiros?

Não, o cancelamento dos voos nem sempre está coberto pelos seguros de viagem… Ou melhor, quase nunca está coberto!

No entanto a IATI tem um seguro próprio que podes comprar para este tipo de situações, ou que podes adicionar como cobertura extra a qualquer um dos outros seguros que compres, o IATI Cancelamento.

Vantagens do seguro:

  • Até 6.000€ de despesas de cancelamento
  • Podes contratá-lo em qualquer momento
  • Inclui o cancelamento da viagem do teu acompanhante

Como em qualquer seguro, existem regras para que seja possível reembolsar o cancelamento dos voos. “Não me apeteceu ir” não é motivo suficiente 😉

No site da IATI dedicado ao seguro IATI Cancelamento encontras todas as informações necessárias.

Quanto aos cruzeiros, para que a tua apólice o cubra deves selecionar esta opção ao comprares o seguro. As apólices que cobrem assistência durante um cruzeiro: IATI Básico, IATI Standard e IATI Estrela.

Se eu recomendo? Talvez mais ainda que o seguro de cancelamento!!

Cá vai mais umas história e um motivo para que tenhas esta opção em conta: Em 2018 os meus cunhados fizeram um cruzeiro com os miúdos. Dois dias antes de embarcar a minha cunhada foi mordida por um bicho enquanto arranjava o jardim mas não lhe deu importância…

O dia da viagem chega, eles embarcam e no segundo ou terceiro dia do cruzeiro, ela decide ir ao médico do cruzeiro, porque o que parecia uma simples picadura de insecto tinha inchado, infectado e era agora uma mancha negra que não parava de aumentar.

O médico viu-a e disse-lhe que o mais provável é que tivesse sido picada por uma aranha violinista, venenosa para os humanos, e receitou-lhe uma pomada e uns remédios e que fosse ao hospital assim que chegasse a casa. Por esta ‘mini-consulta’ cobraram-lhe 800€. Mais todos os extras e a consulta de revisão que teve de voltar a fazer no cruzeiro uns dias depois.

Sabes quanto teria custado um seguro para 4 pessoas durante 1 semana num cruzeiro? Entre 105€ e 250€, dependendo das opções que querias! Entre 3 e 6 vezes mais barato e, com toda a certeza, com melhor atenção médica!

adulto é resgatado em trenó de um acidente na neve

Qual o preço de um seguro de viagens nacional ou internacional?

O preço vai sempre depender de vários fatores relacionados com a viagem que queres fazer:

  • Duração
  • País/países visitados
  • Número de pessoas seguradas
  • Tipo de seguro

Não é o mesmo viajar dentro de Portugal ou na Europa e sozinho que levares a família toda para os Estados Unidos e ainda alugares carro e decidires conduzir até ao Canadá!

Simulação de preço de um seguro de viagens

Dito isto, vamos fazer 2 simulações de preços utilizando os 5% de desconto da IATI para que possas ver preços e assim decidires se vale ou não a pena

  • uma viagem de 3 dias (fim-de-semana) para Londres e para 3 pessoas
  • viagem de 10 dias para Bali para 2 pessoas (lua-de-mel)

Viagem 3 dias em Londres

A primeira simulação que vamos fazer é da viagem em família para o Reino Unido, neste caso Londres. Dado que não vamos fazer nenhum cruzeiro nem desportos de aventura, não precisamos escolher nenhuma dessas opções.

ecra inicial da simulação de um seguro para londres para 3 pessoas

Quando carregamos em ‘Calcular Cotação‘ vamos obter o preço de cada um dos seguros disponíveis na IATI já com o desconto aplicado e, por baixo, um pequeno resumo de cada uma das apólices para que seja mais fácil escolher.

segundo ecra da simulaçao de preços do seguro de viagem iati

exemplo de algumas das apolices de seguros

No caso de querermos estar cobertos apenas com o básico, poderíamos optar pelo seguro IATI Básico que, com 30.000€ de assistência médica no estrangeiro seria o suficiente para o caso de nos acontecer algum pequeno acidente durante o fim-de-semana.

No caso de não confiarmos a 100% nas companhias aéreas e preferirmos estar também cobertos em caso de cancelamento do voo, nesse caso a minha recomendação seria o seguro IATI Standard com cancelamento.

Viagem 10 dias em Bali

No segundo caso vamos imaginar que um casal quer ir de lua-de-mel para Bali em 2020. Como ambos são fãs de desporto, vamos clicar ‘desportos de aventura’.

exemplo de cotçao de seguro de viagens para 2 em bali

Dependendo do tipo de desportos, alguns são considerados como ‘desportos de aventura básicos’, não vamos precisar de adicionar o suplemento, o que faz com que o preço seja bastante mais barato. (Para fazer mergulho e a maioria dos desportos aquáticos, é necessário acrescentar o suplemento).

Neste caso temos várias opções, com e sem seguro de cancelamento de voos.

diferentes seguros de viagens disponiveis

Depois de ler as condições de cada apólice, eu escolheria o seguro IATI Estrela com cancelamento. No entanto, se procuras algo mais barato, o IATI Mochileiro também é uma boa opção!

Ao ser uma viagem tão longa e com tantas horas de voo, eu optaria também por escolher o seguro que tivesse despesas de cancelamento de voos incluídas, não vá o diabo tecê-las!

Como vês há opções para todos os gostos e carteiras, só tens de ler bem as condições e ver qual se adapta melhor à tua viagem!

banner iati com arvores baobab ao por do sol

Quais as vantagens dos seguros de viagem da IATI?

Estivemos até agora a falar dos seguros da IATI e fomos dando várias pistas sobre as condições que têm as suas apólices e o que os torna diferentes dos outros seguros. Mas para que seja mais fácil para todos encontrar esta informação, aqui fica tudo recompilado!

  • Cobre todos os países do mundo
  • Sem franquias
  • Não precisas adiantar dinheiro
  • Atendimento 100% em português (olá Paula!!)
  • Assistência 24 horas
  • Cobre viagens de longa duração até 12 meses
  • Cobre pessoas de todas as idades (excepto IATI Mochileiro, que só cobre até aos 70 anos)
  • Repatriação ilimitada
  • Cobertura de equipamentos eletrónicos (smartphones, tablets, portáteis e máquinas fotográficas, mas apenas se o roubo for com violência)
  • Várias coberturas e preços
  • Contratação 100% online e em alguns cliques
  • Cobertura de viagens de barco e cruzeiros

Quais as opções de seguros que existem na IATI?

Hoje em dia temos 7 seguros de viagem diferentes por onde escolher, mas no futuro é possível que as opções aumentem ou as condições melhorem! Esta tabela pode ser atualizada a qualquer momento, pelo que recomendo que visitem o nosso blog ou o site da IATI com frequência para estarem a par de todas as melhoras nas condições dos seguros.

IATI

Básico

IATI

Standard

IATI

Estrela

Assistência Médica – 30.000€

Repatriação – 100% ilimitada

Roubo / Danos Bagagem – 500€

Desportos Aventura – x

Cancelamento – x

Assistência Médica – 200.000€

Repatriação – 100% ilimitada

Roubo / Danos Bagagem – 1000€

Desportos Aventura – x

Cancelamento – 1500€

Assistência Médica – 350.000€

Repatriação – 100% ilimitada

Roubo / Danos Bagagem – 1500€

Desportos Aventura – 200.000€

Cancelamento – 5000€

Seguro barato pensado para viagens pela Europa ou escapadelas de fim-de-semanaIdeal para destinos europeus e viagens que não incluem atividade desportivaCoberturas médicas altas, para países onde os custos de saúde são elevados

IATI

Estrela Premium

IATI

Mochileiro

 IATI

Bloggers e

Grandes Viajantes

Assistência Médica – 500.000€

Repatriação – 100% ilimitada

Roubo / Danos Bagagem – 1500€

Desportos Aventura – 200.000€

Cancelamento – 5000€

Assistência Médica – 250.000€

Repatriação – 100% ilimitada

Roubo / Danos Bagagem – 1250€

Desportos Aventura – 100.000€

Cancelamento – 2000€

Assistência Médica – 200.000€

Repatriação – 100% ilimitada

Roubo / Danos Bagagem – 1200€

Desportos Aventura – 200.000€

Cancelamento – 2000€

Seguro mais completo e cobertura mais alta do mercado. Ideal para viajar para os EUAPensado para mochileiros que querem explorar o mundo e fazer atividades desportivasCobertura de todas as viagens durante 1 ano, com duração máxima de 90 dias
IATI

Cancelamento

  

Cobre 39 causas de cancelamento

Até 6000€

Pensado especificamente para as despesas de cancelamento de um voo

Como fazer e onde comprar um seguro de viagens IATI?

Comprar os seguros da IATI é muito fácil! Basta entrares na página oficial da IATI e preencheres os campos que te são pedidos!

No primeiro quadro é-te pedido que lhes digas qual o teu país de residência, o país para onde vais viajar, as datas e o número de pessoas. Tens também algumas opções como “Já estás a viajar?” que vão fazer com que possas escolher uns ou outros seguros, consoante a casuística.

Na segunda janela, deves escolher qual o seguro que preferes, como te mostrei lá em cima na simulação.

Já no terceiro passo é-te pedido que preenchas todos os dados pessoais de cada um dos viajantes que estará coberto pelo seguro.

tercerio passo para contratar um seguro iati

O quarto e último passo é o pagamento. Podes escolher diferentes tipos de métodos de pagamento.

Por último, chegará ao teu email o contrato do seguro que acabas de comprar, assim como um documento onde vem explicada toda a apólice. É bastante importante lê-lo para saberes o que cobre ou não cada seguro!

Vês? É fácil e rápido! Não precisas de sair de casa e com apenas alguns cliques podes viajar protegido e com total tranquilidade.

O Falar de Viagens juntamente com a IATI oferecem-te 5% de desconto na compra do teu seguro de viagens através de um dos nossos links de afiliados!

CLICA AQUI!

Então, depois destas 3500 palavras sobre seguros de viagem, vantagens, tipos de apólices e como as contratar já estás mais convencido de que deverias comprar um para a tua próxima viagem? Ou ainda tens alguma dúvida? Se sim, escreve-a nos comentários que eu respondo! Assim ajudas mais membros da comunidade que possam ter essa mesma dúvida.