Falar de Viagens

Igreja de Boyana e os seus frescos

A Igreja de Boyana, ou Boiana em português, é provavelmente uma das igrejas mais importantes da Bulgária e quem visita Sófia não pode deixar de a conhecer!

Património Mundial da UNESCO desde 1979, a Igreja de Boyana é o exemplo mais antigo da arte medieval búlgara, com frescos que datam do século XI.

Depois de conhecerem Sófia e de visitarem os seus monumentos, eu aconselho que "percam" uma manhã a visitar a Igreja de Boyana, situada nos arredores da cidade de Sófia.

O mais comum é visitá-la no mesmo dia em que se visita o Mosteiro de Rila já que, normalmente, as empresas que oferecem excursões ao Mosteiro aproveitam sempre para passar por Boiana no caminho de ida.

O que ver na Igreja de Boyana

Quando chegamos à porta do complexo nem imaginamos o que vamos encontrar lá dentro.

Depois de passar por um enorme jardim com várias sequoias gigantes, encontramos a pequena igreja de Boiana.

Por fora parece mais uma igreja igual a qualquer outra da periferia da cidade, mas o seu tesouro está no interior! Sem dúvida!

A Igreja de Boiana é um edifício de dois andares, considerada um dos monumentos medievais mais completos e melhor preservados dos Balcãs, formada por três alas construídas em diferentes períodos: a ala este, do século X; a central, edificada no século XIII durante o Segundo Império Búlgaro; e a ala oeste feita em meados do século XIX.

A primeira secção da igreja é a mais pequena, mas também a mais rica em frescos. Tem uma única abside e foi construída em forma de cruz.

A segunda secção forma parte de um edifício de dois andares em que o andar de baixo foi projetado para ser a cripta familiar, enquanto o segundo andar era a capela onde a família fazia as suas orações. O exterior está decorado com pequenos ornamentos de cerâmica.

(fonte: travelassets.com)

A última secção, a mais pobre e “feiínha”, foi construída durante o século XIX com as doações feitas pelas pessoas da zona e não tem qualquer valor artístico para este conjunto.

Foi encontrada uma inscrição de 1259 na ala norte, escrita pelos “patronos” da igreja, que diz:

+взъдвиже сѧ ѿ земѧ и създа сѧ прѣчисты хра

мъ ст҃аго иерарха х҃ва николы ст҃аго и великѡ

славнагѡ мѫченика хв҃а пантелеимѡна тече

ниемъ и трѹдомъ и любовиаѧ многоаѫ калѡ

ѣнѣ севастократора братѹчѧди цр҃ва внѹкъ ст҃а

стефана кралѣ србьскаго написа же сѧ при цр҃

вство блгарское при благовѣрнем и бг҃очь

стивѣмъ и хр҃столюбивѣмъ цр҃и костан

динѣ асѣна едикто з҃ в лѣто

.ѕ҃.ѱ.ѯ҃з҃

“Este templo imaculado do hierarca de Cristo Nicolau e do mártir santo em Cristo e muito glorioso Pantaleão foi levantado do chão e criado com fundos, cuidados e grande amor de Caloian, sebastocrator, primo do czar, neto de são Estêvão Nêmania, Rei da Sérvia. Isto foi escrito no Império Búlgaro sob o piedoso e devoto Czar Constantino Asen. Indicção 7 do ano 6767 [1259]”

Frescos da Igreja de Boyana

(fonte: visitbulgariatoday.com)

Os frescos da igreja de Boyana são sem dúvida o que fizeram com que fosse tão conhecida mundialmente e elevada a Património UNESCO. Os mais conhecidos datam de 1259, pintados por cima de outros frescos mais antigos.

Uma das coisas que mais temos de ter em atenção ao apreciar os frescos da igreja de Boyana são as caras das figuras. Ao contrário de outras igrejas ortodoxas e do próprio Mosteiro de Rila, as caras dos frescos de Boyana são todas diferentes!! Cada cara tem as suas características próprias e não há duas iguais. É o mais parecido a fotografias que temos da época…

Outra curiosidade são os olhos apagados de alguns dos santos. Ficaram assim não pela censura durante o período otomano (como seria de esperar), mas porque as pessoas tinham o costume de passar a mão nos olhos dos santos antes de se benzerem, como fazemos na Igreja Católica com a água benta das igrejas.

Hoje em dia podemos ver 89 cenas com 240 figuras humanas, mas acredito que possam existir muitas mais, já que os frescos foram pintados em capas, umas por cima das outras!

(fonte: travelassets.com)

Na ala central encontramos 18 cenas que ilustram a vida de e São Nicolau contêm detalhes sobre a sociedade da época: na cena d’O Milagre no Mar, tanto os barcos quanto os chapéus dos marinheiros têm muitas parecenças com os navios venezianos. Este fresco é também considerado a primeira pintura em 3 dimensões feita no mundo!

Dois dos santos mais importantes para os búlgaros foram também pintados nesta série de frescos: S. João de Rila (a representação mais antiga deste santo que existe) e Sta. Paraskeva.

Sebastocrator Caloian e a sua esposa(fonte: exploringtourism.com)

Para além da primeira pintura 3D do mundo, temos também os, considerados, retratos mais antigos da história búlgara! Os retratos do sebastocrator Caloian e da sua esposa Desislava, construtores da ala central; assim como os do Czar Constantino I e da czarina Irene, são considerados os retratos mais impressionantes de toda a igreja.

Czar Constantino e Czarina Irina

E quem pintou estes frescos? É a pergunta do milhão à qual ninguém sabe responder… A verdadeira identidade do autor, ou autores, continua desconhecida. Sabe-se que provavelmente vem da escola de Tarnovo e ficou a ser conhecido como o Mestre de Boyana.

Particularidades da visita

Como medida preventiva de proteção das pinturas, Boyana tem um sistema de ar acondicionado ligado dia e noite e com temperaturas que rondam os 17ºC ou 18ºC.

Os grupos de visitantes são normalmente de até 10 pessoas e cada grupo só pode estar lá dentro durante 15 minutos.

Não é possível tirar fotos dentro da igreja. De facto, quando entramos mandam-nos tirar tudo o que temos “pendurado”, sejam casacos, mochilas, máquinas fotográficas etc… para evitar qualquer contacto com as paredes que possa estragar os frescos.

Mas não te preocupes, as tuas coisas ficam dentro da parte mais recente da igreja e vigiadas por um guarda.

Informações importantes

A Igreja de Boyana está aberta todos os dias, das 9h00 às 17h00 (horário de inverno)/9h30 às 17h30 (horário de verão) e a entrada custa 5€ para adultos e 1€ para estudantes.

Entrada gratuita à Segunda-feira depois das 15h00.

https://www.youtube.com/watch?v=_rAydnxNXPs

Como chegar

Eu conheci Boiana no caminho de ida para o Mosteiro de Rila, numa excursão privada que tinha como primeira paragem esta famosa igreja. No entanto há a possibilidade de ir até lá tanto de autocarro como de táxi, visto que se encontra numa zona residencial dos subúrbios de Sófia.

Autocarro

Apanhar o autocarro 9TM desde o Palácio Nacional da Cultura em direção a Hladilnika e sair na última paragem. Depois apanhar o autocarro 64 em direção até à paragem ‘Boyansko hanche’.

Táxi

O percurso é de 12km e não deveria custar mais de 5 ou 7€. Aconselho a falar com o taxista antes e definir um preço fechado, já que por aqueles lados ainda existem muitas fraudes relacionadas com os táxis.

Vais viajar para a Bulgária?
voos baratos para madrid

Encontra na Skyscanner voos para Sófia ao melhor preço.

hoteis baratos em madrid

Hotéis baratos na Bulgária no Booking

Reserva as melhores visitas guiadas pela Bulgaria com a Civitatis e em português!!

Ao utilizares os links da Civitatis presentes no Falar de Viagens estás a ajudar-nos a pagar os gaastos associados ao blog e o preço dos produtos que compras não é afectado!

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.