Falar de Viagens

Onde comer em Cracóvia? Restaurantes e Gastronomia

Cada vez mais penso que uma parte importante da viagem é dada pela gastronomia.

Ainda sou do tempo de viajar com amigos e passar o tempo todo a ir comer a cadeias de fast-food ou restaurantes chineses/japoneses ora porque um não gostava da comida, ora porque o outro queria hambúrguer, ou o terceiro preferia poupar dinheiro para ir para a noite…

Mas, felizmente, com os anos as prioridades mudam, os gostos alteram-se e hoje em dia não passo sem provar a gastronomia do local que visito. É obrigatório!

Cracóvia foi a minha cidade durante 6 meses e acabei por conhecer alguns restaurantes que se tornaram favoritos e sempre que podia passava por lá. Hoje trago-vos uma lista de restaurantes onde comer em Cracóvia (para todos os bolsos!) e, o mais importante, O QUE comer em Cracóvia! Porque não faz muito sentido ir a um restaurante polaco e pedir uma pizza, certo? 😉

Onde comer em Cracóvia

Depois de vos contar o que ver em Cracóvia, chega a altura de falar de onde e o que comer em Cracóvia. Há restaurantes para todos os bolsos, desde os mais baratos até aos fancy e caros, perfeitos para uma noite especial!

Nowa Prowincja

(fonte: duze-podroze.pl)

Não é um restaurante, mas sim um café onde tomar o, considerado por mim e por muitos, melhor chocolate quente de Cracóvia! O preço é acessível e é um ótimo lugar para parar durante uns momentos enquanto visitamos o centro da cidade. Luz ténue e ambiente calmo, perfeito para as tardes em que neva…

Morada: Nowa Prowincja – Bracka 3-5

Bar mleczny

(fonte: Wikimedia Commons)

Um dos meus restaurantes favoritos e o primeiro onde comi quando estive de Erasmus! Não é um restaurante per se, mas uma cantina do tempo soviético, com pratos típicos e bastante baratos. Um menu com sopa, prato, 1 pratinho de salada e uma bebida custa à volta de 5eur! E a comida é bastante boa! Podemos ver gente de todas as classe e idades a comer aqui. se bem que cada dia há mais turistas.

Morada: Bar Mleczny “Pod Temidą” – ul. Grodzka 43

Milkbar Tomasza

(fonte: cityguide.guru)

Outro bar mleczny dos mais conhecidos, desta vez na rua Tomasza. Funciona basicamente da mesma forma que o “Pod Temidą”: ninguém fala inglês, os pratos estão escritos num placard na parede e tens de pedir o que queres comer a uma senhora com cara de poucos amigos (ahah!). Igual de barato!

Morada: Bar mleczny Tomasza –  ul. Świętego Tomasza 24

Plac Nowy

(fonte: Wikimedia Commons)

A praça mais conhecida para comer zapiekanki. Dizem que o melhor dos bares é o Endzior, que aparece na foto, mas eu provei vários e nenhum deles me pareceu mau! É só seguir a “regra” de ir aos que têm mais gente à espera 😉

Morada: Plac Nowy, Kazimierz, Kraków

Chimera

(fonte: nomadfoto.pl)

Conheci o Chimera através de uma amiga polaca que mora em Cracóvia da última vez que lá estive (2014). É o que eles chamam de “salad bar”, com um self-service de saladas à escolha e preço ao peso. Têm também a opção de pedir pratos do menu. Na altura comi salmão grelhado com legumes e estava bastante bom! Para quem é vegetariano/vegano, acho que esta é uma boa opção!

Morada: Chimera – ul. Świętej Anny, 3

Kuchnia u Doroty

(fonte: krakow4fun.com)

Mais um restaurante tradicional polaco, um pouco mais fancy que as cantinas soviéticas. O menu é praticamente igual, mas a apresentação será um pouco mais cuidada. Para o caso de quererem jantar (as cantinas não estão abertas à noite) ou quererem um sítio um pouco melhorzinho 🙂

Morada: Kuchnia u Doroty – ul. Augustiańska 4

Pierogarnia

(fonte: kawiarniany.pl)

Durante o meu Erasmus valemo-nos muitas vezes deste restaurante (Przypiecek) depois de sairmos das discotecas! Estava aberto durante toda a noite e tinha pierogi acabadinhos de fazer a qualquer hora!

Como o próprio nome indica, Pierogarnia, aqui só poderão comer pierogi. De vários recheios e formas. Aconselho os de carne com couve e os ruskie.

Morada: Przystanek Pierogarnia, ul. Bonerowska 14; Przypiecek, ul. Sławkowska 32; Pierogarnia Krakowiacy, ul. Szewska 23.

Pod Wawelem

Outro dos meus restaurantes favoritos! As doses de comida são industriais e as cervejas são canecas de 1L. É bastante conhecido tanto entre turistas como por quem vive na cidade. A minha festa de despedida de Erasmus foi feita aqui :’)

Todos os dias têm promoções diferentes e na altura em que estudei lá, as segundas-feiras eram o dia da cerveja barata!

Morada: Pod Wawelem – Świętej Gertrudy 26-29

Zazie Bistro

(fonte: fussyinkrakow.blogspot.com)

Um pequeno restaurante de comida francesa no bairro judio de Kazimierz. Nunca comi aqui, mas foi sugestão de um amigo que (ainda) vive em Cracóvia e costuma lá ir.

Os preços são um pouco mais caros que os restaurantes acima descritos, mas nada que não se possa pagar.

Costumam estar sempre cheios, então é melhor ligar e reservar antes de ir!

Morada: Zazie Bistro – ul. Józefa 34, Kazimierz.

Pod Aniołami

(fonte: happytrips.com)

Um dos restaurantes mais caros da lista. Nunca lá fui, mas está entre os favoritos de amigos que lá vivem.

Cozinha tradicional polaca com toques de requinte, num edifício do século XVIII com uma cave do século XIII e um ambiente excecional. Segundo as reviews do Trip Advisor, toda a gente diz que o melhor local para conseguir mesa é na cave.

Morada: Pod Aniołami – ul. Grodzka 35

Pimiento

(fonte: kmbstudio.com.pl)

Restaurante argentino com várias localizações na cidade, uma delas no próprio Rynek Główny. É algo caro comparado com os restaurantes normais da cidade, mas segundo li no Trip Advisor, a qualidade da carne compensa o preço. Ainda que por vezes o serviço seja mais lento que o recomendado.

Morada: Pimiento – ul. Stolarska 13 / Rynek Główny 30 / ul. Józefa 26




Comida típica polaca

Eu sou fã da comida polaca, admito, por muito estranha que possa parecer… Mas ninguém me tira a minha sopa com ovo cozido e salsicha! Se for servida dentro de um pão ainda melhor! E os zapiekanki…. aaaiii os zapiekanki… <3

Białą kiełbasa

(fonte: kuchniaplus.pl)

Uma salsicha branca muito típica na Polónia. Tem um sabor diferente das típicas salsichas às quais estamos habituados e é ótima!

Żurek z jajkiem i białą kiełbasą

Eu não sou de comer sopa fora de casa (nunca se sabe o que deitam lá para dentro), mas há 2 sopas às quais não resisto: sopa de cogumelos lituana e a żurek <3 (lê-se ‘jurek’).

À primeira vista tem um aspeto aguado e esquisito, mas o sabor é muito bom. Feita à base de levedura de centeio e pão de centeio. Depois juntam-lhe vários ingredientes: pedaços de toucinho, salsichas, batata cozida, ovo cozido, cenoura, toucinho frito… Há também quem deite cogumelos, natas e alho.

E para que não gosta de ovo e/ou salsicha, dá para pedir sem estes ingredientes!

Pierogi

Podemos dizer que os pierogi são um meio termo entre os nossos rissóis e as ‘empanadillas’ espanholas (em termos de massa). A maior diferença é que são cozidos em vez de fritos/assados. Existem vários sabores, salgados e doces, e os mais conhecidos e comuns são os ruskie pierogi (recheados com batata e queijo) pierogi z mięsem (com carne picada) ou z mięsem i kapustą (carne picada e chucrute).

Zapiekanka

Um “all time favourite”. É, provavelmente, uma das comidas de rua mais famosas de Cracóvia. Já a devem ter visto por Portugal, umas imitações foleiras claro está, porque ultimamente tem-se posto de moda (cheguei a ver algo parecido no Enterro da Gata em Braga). Há quem lhe chame paninis e achem que é “basicamente” pegar em meia baguete e imitar uma pizza. Mas não é bem assim!

Os zapiekanki levam uma base de cogumelos moídos à qual é acrescentada molho de tomate e queijo. O que vem depois já é ao gosto de cada um… Salmão, salsicha, fiambre, vegetais e um largo etc. O meu favorito é o Diabolo, com chouriço picante e ketchup ou molho picante/barbecue! E não esquecer de pedir cebolinho (szczypiorek) por cima.

Barczsz

(fonte: Wikimedia Commons)

Barszcz, borsch, borscht… Como lhe quiserem chamar. É uma sopa tradicional do leste europeu feita com beterraba. Nunca comi porque odeio beterraba, mas entre outros ingredientes leva também repolho, cenoura, pepino, batata, tomate, cogumelos e carne… É servido acompanhado de natas.

Oscypek

(fonte: Wikimedia Commons)

Queijo <3 não é original de Cracóvia mas sim de Zakopane, uma cidadezinha nas montanhas Tatra a sul do país. É um queijo que se encontra facilmente por todo o país nas diferentes variantes: pouco, médio ou muito curado. É ótimo para comer como sobremesa ou na rua, de preferência grelhado e com compota de arandos.

Obwarzanek krakowski

(fonte: Wikimedia Commons)

Vais vê-los por todo o lado em Cracóvia. Normalmente são vendidos na rua, nuns carrinhos azuis e por senhoras de idade. São  Ó T I M O S  e perfeitos para tirar a fome quando não te apetece parar para comer algo mais substancial.

Parecidos aos pretzel alemães, só é preciso ter cuidado com a variedade que escolhes: há com sementes de papoila, sal grosso, pimenta, etc… Os que têm sal são MUITO salgados.

Kotlet schabowy z ziemniakami i kapusta

(fonte: Wikimedia Commons)

O prato mais prático, básico e perfeito para os “esquisitos”! Costeleta de porco panada com puré de batatas (ou batata cozida) e chukrut/sauerkraut.

Bigos

(fonte: Wikimedia Commons)

Podemos compará-lo a uma espécie de estufado. Leva vários tipos de carne, chucrute e vai acompanhado de batatas. Prato nacional da Polónia, é tradição comê-lo no dia 26 de dezembro. E da mesma forma que a feijoada, “o do dia anterior está melhor!”

Golonka

Joelho de porco, normalmente servido com batatas fritas, mostarda e rábano. Da última vez que o comi em Cracóvia foi numa feirinha gastronómica que havia por trás da Kosciol Mariacki e serviram-nos com cogumelos e batatas salteadas. Delicioso!

Kompot

A bebida que te servem nos bar mleczny. É água misturada com “algo” (frutas). Normalmente no fundo tem um pouco de depósito da fruta e, às vezes, umas frutas pequenas (tipo cereja).. Nunca comi aquilo, metia-me impressão ahah

Já provaste algum destes restaurantes ou pratos típicos da Polónia? Qual o teu favorito? Conta-nos tudo!

Vais viajar para Cracóvia?
aviao-30

Encontra na eDreams voos para Cracóvia ao melhor preço.

hotel-30

Hotéis baratos em Cracóvia no Booking

Ao utilizares os links de afiliados estás a ajudar-me a pagar os custos do blog. A Booking e a eDreams dão-me uma pequena comissão por cada venda e tu não pagas mais por isso! 🙂




Artigos Relacionados

Comentários

comentários